sexta-feira, abril 30, 2004

Meu SubServer Pentium 166MHz



O micro que estava no lugar aqui do Athlon, um Pentium 166MHz agora tem uma função só dele, ficar baixando imagens de CD via bittorrent durante o dia todo, principalmente de madrugada.
Instalei Linux Debian "pelado" nele junto com alguns programas básicos para uso. Ele tem uma característica: não tenho como ver o que acontece nele, uma vez que não tenho monitor sobrando aqui para seu uso. Tenho feito o acesso quase que totalmente via telnet e SSH (desnecessário para minha rede interna, mas só para poder me acostumar com ele, embora não tenha nada de mais.). Só tem um porém: tenho que digitar 'as cegas comandos de script para permitir que baixe os programas durante a madrugada para mim, uma vez que ainda não descobri como posso fazer acesso remoto, fazer o "request" e sair do telnet sem derrubar a tarefa sendo executada. Aqui o "&" após o comando não funciona, só para o Seti, que roda contínuamente.
Tive que roubar o cabo de rede que vinha usando no 486 para ele, por isso não tenho conectado no IRC de madrugada. Talvez eu venha a comprar um HUB para compartilhar entre os dois, mas só daqui alguns meses...
Ainda pretendo fazer algumas coisas mais nele, botar um FTP funcional, e um servidor de web pequeno....

segunda-feira, abril 19, 2004

Aniversário do meu sobrinho Lucas


No sábado teve uma festinha para o meu sobrinho Lucas, foi feita no Parque da Mônica no Shopping Eldorado. Foi muito legal. Meu amigo da Poli, o Rubens também esteve junto, uma vez que tem uma ligação "terrível" com ele: foi o responsável pelo Lucas ser corintiano!. Bom, uma relação de amizade bem interessante entre eles dois, legal vai ser ambos se lembrarem disso ao longo da vida. :)
Bom, foi interessante ter entrado naquela parte do Eldorado que eu nunca pude ter a chance de conhecer, entre as centenas de vezes que eu fui para aquele shopping. Fazia tempo que não via tanta criança junta num só local, brincando e esperneando, teatrinho da Turma da Mônica, casa do Louco, do Penadinho. Havia alguns computadores com jogo dos 7 erros e de pintar na tela sensível ao toque do dedo. Vi que eram meio antigos, pareciam estar rodando sob DOS, não cheguei a ver nenhuma tela azul (BSOD para íntimos), porque tinha um deles que estava no prompt do DOS. :) Bom, aquele programinha simples dificilmente irá requerer "updates" a menos do hardware antigo, num deles vi a tela congelada na BIOS e estava lá: 386. Hehehe. Nada como um bom e velho hardware que raramente encrenca, provavelmente micros de marca encaixotados naqueles robôs.
Pude brincar com um carrinho elétrico para crianças onde Lucas foi junto comigo e o filho da minha prima, o Michel foi com o Rubens. Houve uma aula de sinalização simples para criança e depois acompanhar o Lucas dirigindo aquele carro "lento". Ambos, Michel e Lucas dirigiram sem muitos incidentes.
Havia um outro que se chamava "bate pneu" para uma pessoa só eu fui inclusive brincar nele, o controle eram duas alavancas que controlavam as rodas de cada lado, para frente e para trás, independentemente, o que me fez divertir bastante foi fazer girar como pião como doido, para esquerda e para direita.
Depois foi a festinha, onde estavam os coleguinhas do Lucas, os filhos de minha prima Akemi e alguns amigos do Lucas, umas 30 crian¸as. Ficaram quietos só no começo depois qdo foram para o meio para brincar com as bexigas, foi um salve-se quem puder, não sei como ninguém brigou, era o caos total típicos da idade. :))
Ficamos até o fim do expediente, por volta das 20:30.
Voltando para casa, fui para a casa do Rubens, o Corsa dele estava com a bateria arriada, levei meu cabo de bateria e uma das baterias do meu no-break para a partida, usei meu cabo reserva "ruim" não consegui encontrar o meu. A partida do carro foi um pouco sofrido porque esse cabo "ruim"( bitola baixa) não ajuda muito, chegou a esquentar um pouco o cabo positivo. Demos uma volta na Av. Paulista e voltamos para pelo menos recuperar a bateria instalada no Corsa dele.
No domingo ele me enviou um e-mail dizendo que pegou "de primeira". Muito bom, significa que a bateria ( ele trocou no final do ano passado) vai durar, se estivesse ruim, não teria partido o carro.
Não sei por que, mas fiquei mais cansado andando no carro do Rubens do que quando fazia ele partir e durante a festinha do Lucas. Deve ser pelo horário, eram 23:00.

terça-feira, abril 13, 2004

Placa-mãe do Athlon


Após a leitura de vários artigos a respeito da placa-mãe pude constatar, essa ASUS A7V8X-X sucks- a-lot, sux, é uma droga, uma porcaria. Eu não fui o único, existe uma quantidade absurda de usuários que tiveram o mesmo problema nos fóruns pela internet. Inclusive tem até um que participa de um fórum de OS/2 que comprou a mesma mobo e está tendo os mesmos sintomas que eu tive. Eu decidi na compra de uma ASUS justamente para evitar estes tipos de problemas, pela suposta confiabilidade e durabilidade. A despeito disso tudo, tenho ela funcionando aqui, após a troca na loja, espero que ela não venha a apresentar problema algum nas mãos do meu irmão ou comigo mesmo.
Após todo esse "rolo" não volto a comprar uma ASUS nunca mais. Essa será a última, não recomendarei para ninguém. A menos que a fabricante venha publicamente assumir que foi "despejado" um lote grande dessas placas-mãe no mercado com problemas de fabricação. O que duvido muito face a dispersão de seus produtos, um ônus muito grande. Mas assim mesmo, a imagem da ASUS sai arranhada depois de tudo isso, e certamente para muitos outros que passaram pelo problema que eu.

sábado, abril 03, 2004

Windows98 vs Windows XP


No meu velho e bom K6-2 eu havia instalado há alguns meses atrás o WindowsXP em virtude de sua estabilidade face ao seu antecessores o Windows98SE ou pior ainda o WindowsMe, o desastre. Sim, ele é estável e menos sujeito a travamentos, mas o custo disso foi uma lerdeza absurda, uma estimativa de velocidade rodando um mesmo programa nele com o Pentium 166 meu velho rodando Windows98 apresentou o mesmo tempo de execução. Fiquei pasmo.
Essa semana adquiri uma placa aceleradora 3D antiga, uma Matrox m3D por módicos R$19,00. E chegou com os CDs de instalação e a caixa bem conservados. Uma pechincha, mesmo para um hardware antigo. Bom, por ser velho, não tem driver para WindowsXP e não é suportado pelo DirectX. Decidi então um downgrade para o Windows98SE, levei algumas horas durante a madrugada. Instalei os updates necessários e os drivers. Fiquei feliz que a placa estava funcionando bem, e melhor que pensava, embora tenha somente algumas dezenas de jogos que a usem, como Quake2 e TombRaider. Mas vou querer o quê com esse micro velho? Só posso rodar joguinho do tempo dele mesmo, hehehe.
Mas em contrapartida a esse downgrade, foi a instabilidade, já perdi a conta dos crashes e travamentos que já ocorreram. O pior é que o Windows98 no Athlon apresenta beeem menos travamentos. Isso me deixa um pouco louco, mas fazer o quê. Vou ver se encontro uma solução para isso, ou na pior das hipóteses, reinstalo o sistema operacional e deixo ele pelado, sem updates e sem lixos da microsoft.