segunda-feira, abril 17, 2006

Feira de Ciências - 7a série - Multivibrador Astável

Um nome complicado para descrever um pisca-pisca. Foi a minha experiência de 7a série, quando eu engatinhava em eletrônica. Com ajuda do cunhado de um dos membros do grupo, que é engenheiro eletrônico, montamos um circuito básico de multivibrador astável em uma ponte de terminais ( é nojento, mas simples de montar quando não se monta circuitos complexos).

Não posso chamá-lo de algo que chame a atenção em uma feira de ciências, uma vez que ele estava mais para pisca-pisca que outra coisa, com uma característica interessante, podíamos alterar o período de pisca modificando a regulagem de um potenciômetro e um conjunto de chaves para troca de capacitores. Impressiou alguns pais de alunos que foram para feira, mas a maioria ficava indiferente hehe principalmente os alunos. Colocamos lâmpadas e motores para serem acionados. Realmente nada que chame a atenção...

Eu não entendia muito bem de eletrônica na época, creio que nem hoje, a lógica do funcionamento do multivibrador ficou por muito tempo misterioso para mim, não posso dizer que poderia explicar com poucas palavras mesmo hoje. Seu esquema é esse:

Ele é um flip-flop discreto. Quem sabia disso achava legal, claro só os entendidos em eletrônica, poucos foram...

No meu círculo de amigos, só um que não me era muito próximo fazia idéia, mas ele fazia parte de outro grupo. Lembro-me que na 6a série a experiência dele era um gerador de rúido e oscilador que infestou o local de exposição com um barulho infernal, mas como não era constante, era tolerável, ele era a única pessoa além de mim que tinha noções de eletrônica. Lembro que ele se gabava do AppleII, TK3000 e o ExatoPRO que ele tinha, enquanto eu já tava com vistas de um CP400 que mais tarde mudei para o MSX.